EMBORA EXISTA GENTILEZAS, HÁ TAMBÉM A NECESSIDADE!! População reclama da falta de banheiro público na orla da capital

Muitos dos pessoenses que praticam caminhadas na orla da capital reclamam da falta de banheiros públicos. Para eles, é constrangedor ter que pedir aos donos de quiosque para usar o banheiro sem estar consumindo alguma coisa. Mas por outro lado, os donos de dezenas de quiosques da calçadinha, dizem que atendem os pedidos dos caminhantes “na boa”, mesmo sem eles estarem consumindo no ambiente.

A comerciante Sheila Bezerra, proprietária do Quiosque Maverick, na Praia de Cabo Branco, disse ontem que sempre atende qualquer pedido para utilizar o banheiro. “Eu costumo atender bem, até porque a pessoa que necessita ir ao banheiro, pode voltar em outra hora para consumir em meu quiosque. Não custa nada fazer gentileza para as pessoas”, ressaltou Sheila.

Os garçons também afirmam que sempre atendem os praticantes de caminhadas quando eles solicitam as chaves do banheiro. Em João Pessoa, segundo informações da Secretariade Planejamento do Município, existem aproximadamente 40 banheiros públicos instalados em mercados públicos, cemitérios e praças. Outros dois estão instalados no Viaduto Terceirão e no Pavilhão do Chá.

Os banheiros instalados nos mercados estão sempre necessitando de higienização ou de alguma reforma. O banheiro do Viaduto Terceirão, por exemplo, está sempre sujo e fedendo, porque muitas vezes os usuários o encontra de portas fechadas e acabam fazendo as necessidades fisiológicas na escadaria que dá acesso ao banheiro.

Segundo informações da Secretaria de Planejamento da Prefeitura de João Pessoa, ainda não foi feito nenhum planejamento para colocação de banheiros públicos na orla. No entanto, quando são realizadas festas na praia, geralmente a Prefeitura instala banheiros químicos. A construção de banheiros públicos na orla, de acordo com a Seplan, é uma pauta ainda a ser discutida entre o Patrimônio da União e a Secretaria do Meio Ambiente.

Segundo Camila Azevedo, sempre que precisou e pediu a chave a um dono ou garçon de quiosque, o pedido foi aceito. “Acho que a Prefeitura não deveria colocar banheiros públicos na orla por causa da questão de higiene”, ressaltou. Já para o turista Antônio Vicente, a Prefeitura deveria construir, em pontos estratégicos da orla, alguns banheiros públicos. “Porque sempre que precisamos temos que pedir aos garçons. Acho importante que existam banheiros públicos em qualquer orla do Litoral brasileiro”.

O aposentado Paulo dos Santos, reconhece que os donos ou garçons de quiosques não se recusam aos pedidos e deixam você usar o banheiro, mas alguns não aceitam o pedido com bons olhos.

 

PbAgora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: