Vitor Hugo, Morgana e Trócolli Jr são apontados como favoritos na disputa nas eleições de Cabedelo

Uma enquete realizada pelo portal PB Agora trouxe o termômetro da disputa pela prefeitura de Cabedelo e apontou três nomes como favoritos para governar a cidade de Cabedelo, no litoral da Paraíba. O atual prefeito, Vitor Hugo (PRP), que está interinamente no cargo, por enquanto, é o favorito. O gestor já conquistou, inclusive, o apoio do PSB e do governador eleito, João Azevêdo.

Até esta segunda-feira (19), Hugo despontava com 46% dos votos da enquete, seguido do nome do PSL, a pastora Morgana, que apesar de já ter se colocado fora da disputa, ainda é um dos nomes mais lembrados para a eleição suplementar, com pouco mais de 20% dos cliques

Outro que também não confirmou candidatura, mas é um dos nomes lembrados, é o do deputado estadual Trócolli Júnior (Podemos). Ele é o terceiro colocado, com 17% dos votos da enquete.

A enquete trouxe sete pretensos pré-candidatos, mas destes, dois que pontuam como favoritos já avisaram que estarão fora do páreo, deixando o caminho livre para o candidato que vai disputar a reeleição, Vitor Hugo.

CONFIRA A VOTAÇÃO

Entre os possíveis candidatos, quem você acha que tem mais chances de vencer a eleição em Cabedelo?

1- Cláudio Lucena (PR): 2,62%
2- Geusa Ribeiro (PRP): 0,26%
3- Janderson Brito (PSDB): 1,57%
4- Marcos Patrício (PSOL): 6,02%
5- Morgana (PSL): 20,42%
6- Trócolli Júnior (Podemos): 17,02%
7- Vitor Hugo (PSB): 46,07%
8- Qualquer um: 0,26%
9- Nenhum deles: 4,97%
10- Branco: 0,79%

Na elaboração da enquete, o portal PB Agora destaca que seu sistema não permitiu o voto duplicado com o mesmo IP, entre outros recursos de proteção para evitar que os números fossem manipulados por robôs.

A enquete teve como objetivo aferir o termômetro da população quando o assunto é a disputa na cidade portuária de Cabedelo.

A enquete não possui fins científicos, sendo meramente ilustrativa, como permite a atual legislação eleitoral.

ELEIÇÕES

As eleições suplementares de Cabedelo deverão acontecer no dia 17 de março do próximo ano. A data foi aprovada, por unanimidade, durante sessão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), nesta segunda-feira (19).

O adiamento do pleito, inicialmente previsto para 9 de dezembro, foi uma determinação do ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele decidiu pela anulação em resposta a um mandado de segurança impetrado pelo Diretório Municipal do PT da cidade portuária. A alegação da sigla foi a de que o encurtamento das datas no calendário eleitoral original gerou prejuízo para o registro das candidaturas.

A minuta com as novas datas foi apresentada pelo corregedor do TRE, desembargador José Ricardo Porto. O magistrado disse entender, durante a sua exposição, que o prazo mais elástico deve atender aos argumentos usados pelo ministro para suspender a eleição. O entendimento foi acatado por todos os magistrados presentes na sessão, inclusive o presidente da corte, desembargador Carlos Beltrão. O detalhamento da minuta, com todas as datas, será publicado no Diário Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral. Com a nova data, a resolução anterior será tornada sem efeito.

 

PbAgora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: