NOVEMBRO AZUL: Este ano, no Brasil mais de mil paraibanos devem descobrir que têm câncer de próstata

Dados do Instituto Brasileiro de Câncer (Inca) mostram que, este ano, o Brasil deve registrar até dezembro um total de 68.220 novos casos de câncer de próstata. Na Paraíba, 1.170 homens vão descobrir a doença. Já o número de mortes chega a 13 mil por ano em todo o país. Para chamar a atenção dos paraibanos sobre a prevenção da doença, a Frente Parlamentar de Combate ao Câncer, presidida pelo deputado Bruno Cunha Lima (SD), realiza no dia 28 deste mês uma sessão especial na Assembleia Legislativa para discutir o assunto.

Dados mostram que no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens. A taxa de incidência é maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento.

Mais do que qualquer outro tipo, a doença é considerada um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. O aumento observado nas taxas de incidência no Brasil pode ser parcialmente justificado pela evolução dos métodos diagnósticos (exames), pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação do país e pelo aumento na expectativa de vida.

Corrida do Bem – Dentro das ações para chamar atenção sobre diagnóstico e tratamento da doença, a Frente Parlamentar de Combate ao Câncer vai realizar a segunda edição da ‘Corrida do Bem’, em João Pessoa, que ocorrerá no dia 9 de dezembro. Este ano, a arrecadação será revertida para a compra de medicamentos quimioterápicos utilizados para o tratamento de pacientes do Hospital Napoleão Laureano.

As inscrições já estão abertas e devem ser realizadas por meio do site www.corridadobem.com.

Os kits, contendo camisa, bolsa, viseira e chip, podem ser adquiridos pelo preço de R$ 70. Os recursos serão revertidos para a compra de medicamentos que são utilizados nos tratamentos quimioterápicos realizados no Hospital Napoleão Laureano.

 

MaisPB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: